DIÁRIO DE UMA MAMÃE: JÁ SE FORAM 7 MESES

14:51:00

Olá meus amores! Hoje quero compartilhar com vocês mais algumas fases da minha vida como mamãe. É incrível como o tempo passa rápido quando nos tornamos mães. Parece que foi ontem que eu descobri a gravidez e hoje o Joaquim já está com 7 meses. 

É muito bom ver ele crescer forte, saudável, arteiro, mas devo confessar a vocês que é tanta arte que tem horas que eu sinto falta daquele comecinho. Aquele dias em que ele só dormia, acordava pra mamar, dormia de novo (que benção!). Agora ele está a mil, tenho a impressão que tem 10 dentro dele.


Bom, entramos naquela fase que ele quer fase TUDO! Ele começou a engatinhar com 6 meses e agora com 7 já acha que pode andar, fazer o que quer e que é tudo do jeito dele. E falar minha gente? Como que pode querer falar desse tamanho? O Joaquim parece uma matraca, tem horas que me pergunto: "Onde desligo?". Ah, e quem nunca fez isso que atire a primeira pedra, várias vezes tento dar mama pra ver se acalma e dorme um pouco, mas que nada, ele mama, recarrega as energias e vem que com energia recarregada. 

Nessa fase é tudo muito bom, as risadas são fáceis, qualquer coisa é motivo de bagunça, mas ao mesmo tempo é aquela fase em que você não pode descuidar um segundo, quem dirá um minuto. Por exemplo, você deixa ele sentado e do nada descobre que seu bebê aprendeu a engatinhar. Alguns dias depois ele está engatinhando e quando você olha ele está tentando ficar de pé. Sem contar que você deita com ele no sofá e ele simplesmente, desce! Opa, o que foi que eu perdi? E importante, pelo menos aqui em casa o NÃO sempre soa como SIM e dizer "NÃO FAZ ISSO QUE VOCÊ VAI MACHUCAR" é tipo premonição, você acaba de pronunciar e pronto, machucou! 


Outra curiosidade dessa fase é a alimentação. Aqui em casa como ele sempre tomou fórmula introduzimos a papinha com pouco mais de 5 meses, ou seja, diminuímos as mamadas e ele passou a tomar suco pela manhã, almoçar, fruta no meio da tarde e jantar. É incrível como a alimentação deixa-os ainda mais curioso. E me julguem, mas o Joaquim não come NADA industrializado e não concordo com a teoria de que sente vontade de comer o que comemos. Sou da opinião que tudo são fases e esta ainda não é a fase de conhecer os doces, frituras, refrigerantes e afins! 

Por hoje é isto mamães e futuras mamães, mas vou aproveitar o #DiárioDeUmaMamãe de hoje para deixar um assunto em aberto, pois quero muito a opinião de vocês para fazer um post completo sobre o assunto. Eu sinto, não só pelo meu filho, mas também observando os bebês das minhas amigas que as crianças estão muito precoces. Estão falando muito rápido, andando e pulando várias etapas. Gostaria muito de saber como vocês lidam com tudo isto. 


Posts relacionados

0 comentários

Comentários
0 Comentários

>