Como escolher o protetor ideal para cada tipo de pele‏

15:03:00

Olá meus amores, que saudadeeeeeees eu estava de vocês! Ó, fiquei uns dias ausente devido a mudança de casa, mas agora estou de volta e cheia de novidades sobre a casa, o meu cantinho home office, o canal que enfim vou colocar no AR e várias outras coisinhas. 

Apesar de não parecer o verão ainda não começou, mas como já está a caminho eu resolvi trazer pra vocês algumas dicas da dermatologista Thais Pepe sobre como escolher o protetor solar. Item indispensável em todas as estações do ano, no verão os cuidados com a pele devem ser redobrados e a melhor dica é fazer da aplicação um hábito diário.

Mas e aí, será que você sabe como escolher o seu protetor solar? Eu já segui todas as dicas da doutora Thais, por isso tenho sempre com um protetor no carro, outro na bolsa e claro, no banheiro, assim não tem como não esquecer de aplicar. Ah, muito importante, não basta aplicar apenas pela manhã, é necessário reaplicar o protetor a cada 2 horas! 


Pele normal: Suave e saudável. É aquela que apresenta nível controlado de oleosidade. São recomendados os filtros em formato sérum, loção ou spray, pois apresentam maior resistência ao contato com suor e água.

Pele oleosa:  Excesso de brilho e oleosidade excessiva na “Zona T” (testa, nariz e queixo) são algumas das principais características da pele oleosa. Quem tem essas queixas deve optar por um protetor que não obstrui os poros, como os que são a base de gel, sem gordura ou álcool. Versões leves como gel-creme, oil free, sérum e mousse são as mais indicadas para quem sofre com a oleosidade excessiva.

Pele seca:  É a que está mais propensa envelhecer precocemente e sua principal característica é a tendência a ficar repuxando, além de toque áspero e aspecto seco. Para manter a hidratação deste tipo de pele, o ideal é optar por um filtro solar na versão creme e que contenha água e óleo em sua composição.

Pele sensível: Sua principal característica é a hiper-reatividade e intolerância. Para regular a sensibilidade da pele, os melhores protetores são os que não possuem perfume e tem formulação neutra. As versões em loções e gel-creme são as mais indicadas.

Pele claríssima:  É o tom mais sensível ao sol e a tendência é que fique vermelha, ao invés de se bronzear. Apresenta irritação quando exposta ao sol e está muito suscetível ao câncer de pele. O fator mínimo indicado para este tipo de pele é o FPS 90.

Pele clara: Tem baixa tendência ao bronzeamento e queima com muita facilidade. Como também corre alto risco de câncer de pele, o fator de proteção indicado para este tipo de pele é o FPS 60.

Pele morena: Este tom mais escuro esconde os efeitos do fotoenvelhecimento, apesar de ter facilidade para se bronzear. A aplicação do filtro solar acima do FPS 45 é indispensável.




          

Posts relacionados

0 comentários

Comentários
0 Comentários

>